BOTO estreia no cenário pop com som inédito e melancolia underground

BOTO estreia no cenário pop com som inédito e melancolia underground

23 de novembro de 2021 0 Por Redação Em Notícia

Paralelamente ao lançamento do single, Beto Capobianco prepara um EP independente e experimental

Novo projeto do músico Beto Capobianco apresenta single “Lâmina” , que fala da dualidade do amor em uma combinação de background eletrônico e roupagem contemporânea

BOTO é o nome do novo projeto musical do cantor e compositor paulistano Beto Capobianco e marca sua estreia na música pop brasileira com o lançamento do single “Lâmina”, que fala da dualidade do amor em um ritmo acompanhando por beats eletrônicos, sintetizadores, além da percussão. A faixa estará disponível nas plataformas de streaming a partir desta semana.

Lâmina foi produzida no estúdio de Beto em São Paulo entre os momentos mais difíceis da pandemia da Covid-19. O processo de gestação da canção durou cerca de 11 meses: “Durante a quarentena nos deparamos com mudanças bruscas de instantes melancólicos e enérgicos e de desilusões e esperanças, sugerindo as oscilações que marcam o amor, que marcam os batimentos cardíacos e que marcam as dores do próprio amor”, relata Beto. O resultado dessa experiência sentimental foi essa fusão do background eletrônico com uma roupagem pop e contemporânea.

A nova música, acrescenta Beto, detalha o amor no seu sentido mais amplo: “É uma composição que fala sobre perdas e ganhos e como nos relacionamos com essas oscilações, como aceitamos a perda e como encaramos novas formas de amor”, finaliza o músico.

Paralelamente ao lançamento do single, Beto Capobianco prepara um EP independente e experimental, com outras quatro composições também compostas durante a pandemia e previstas para serem lançadas no começo de 2022. O título – BOTO – foi escolhido em alusão ao animal da Amazônia brasileira que carrega consigo misticismo e fábula.

LÂMINA VISUAL

A estreia da música Lâmina vem acompanhada de uma linguagem visual própria, criada e idealizada por Beto numa parceria com Alma Negrot, maquiador e drag queen que vem se destacando na cena criativa e undergroud paulistana. A dualidade no amor e a mistura de melancolia com beats eletrônicos também estão nas fotos, feitas na água e com iluminação barroca, que incluem maquiagem 3D, cenário com plantas exóticas brasileiras e elementos que sugerem um mundo desconhecido, onde o claro e escuro acrescentam dramaticidade para as cenas.

BETO CAPOBIANCO

Beto Capobianco é músico desde os 17 anos. Estudou engenharia de som e piano em Berlim, na Alemanha, onde atuou por quatro anos no universo da música experimental – tanto clássica quanto eletrônica. Nesse período, apresentou-se em diversas casas noturnas da Europa com seu DJ set direcionado especialmente ao público LGBTQIA+. Já no Brasil tem sido responsável pela produção de trilhas sonoras para filmes como Verona, do diretor mineiro Marcelo Caetano e filmes comerciais, além de discotecar por eventos da cena underground paulistana.

LANÇAMENTO SINGLE LÂMINA

Nas seguintes plataformas: Spotify, TIDAL, Deezer, Apple Music e YouTube: @botobetoboto

LÂMINA VISUAL

Disponível nos perfis do YouTube e Instagram: @botobetoboto