Conheça a gamificação e como ela pode revolucionar o mundo corporativo

Conheça a gamificação e como ela pode revolucionar o mundo corporativo

22 de fevereiro de 2022 0 Por Alan Henrique Pardo de Carvalho

*por Alan Carvalho, coordenador do curso de Jogos Digitais da Faculdade Impacta  

O mundo gamer vem ganhando força, com milhões de pessoas ao redor do mundo utilizando os jogos como forma de entretenimento. Entretanto, eles podem ser usados também de outras formas, dado o caráter interativo e com grande potencial de atratividade e retenção dos games.

Atualmente existem empresas que estão adotando não apenas jogos, como estratégias e métodos próprios dos jogos em seu dia a dia e que tem obtido resultados positivos tanto com clientes quanto com seus colaboradores, no que se convencionou chamar de “gamificação” (gamification, em Inglês).

A gamificação não implica no uso de um jogo, mas sim em características de um jogo, como o sistema de pontuação, desafios, premiações e regras, por exemplo. Isso permite que tarefas ou situações que não são jogos possam ser encaradas com um maior engajamento e até eventualmente tornar algo cotidiano mais leve e divertido, retendo reter a atenção de uma forma diferente. 

Você pode estar se perguntando como esse sistema pode dar bons resultados às empresas? O consumo de jogos aumentou nos últimos anos e pessoas gastam horas durante a semana jogando em seus celulares, computadores ou consoles. As habilidades que são exigidas e que podem ser potencializadas por meio dos jogos podem ser aplicadas no mundo corporativo.

Algumas habilidades são estimuladas através da gamificação, como por exemplo a concentração, mas também a superação é uma habilidade que ganha mais força, afinal muitas pessoas não costumam desistir das fases de um jogo. Podem ser tentadas diversas formas diferentes até que o objetivo seja concluído. O trabalho em equipe é outra habilidade que ganha com essa prática, já que se pode imprimir uma dinâmica cooperativa como a que ocorre em vários jogos, nos quais as pessoas buscam sempre ajudar umas às outras. Afinal, o objetivo é o mesmo e sabem que um precisa do outro para alcançá-lo. 

A motivação também aumenta e isso pode ser explicado pois nós sabemos onde queremos chegar e quando esse objetivo é atingido, a sensação de conseguir é de alívio e realização. Sabe-se que a motivação está diretamente ligada à capacidade de produção de uma pessoa e isso reforça o quão interessante pode ser a gamificação em uma empresa.

Uma pesquisa do TalentLMS com funcionários de diversas empresas traz dados bastante positivos a respeito, tendo sido constatado que 89% dos pesquisados afirmaram que se sentem mais produtivos e 88% mais felizes em seu trabalho e até colocando a gamificação como algo que poderia ser aplicado em processos de recrutamento e seleção. Outra informação de grande relevância, dessa vez da Research and Markets, é a projeção de crescimento do mercado de gamificação mundial, que deve chegar a 19,69 bilhões de dólares no período 2021-2025 com uma taxa de crescimento anual estimada em quase 27% durante esse período.

Além de benefícios com seus funcionários, pode ser muito vantajoso aplicar a gamificação junto aos seus clientes, como por exemplo a Nike, que criou um aplicativo chamado Nike Run Club, que usa gamificação como forma de incentivar o engajamento e a retenção de seus consumidores. Os usuários do Nike Run Club, em um estudo de 2020, apontaram diversos motivos por trás de seu envolvimento com o aplicativo, como a utilidade, a facilidade de uso, o caráter lúdico do aplicativo e a possibilidade de socialização.

A Ford é outra empresa que utiliza da gamificação, nesse caso para engajar seus funcionários, a marca utilizou desse sistema em sua Universidade Corporativa, com isso incentivou a realização de treinamentos e fez seus funcionários aprenderem mais a respeito dos carros que a marca produz, com um aumento de 417% na adesão aos cursos oferecidos.

Outro setor que também vêm usando a gamificação é o educacional, sendo o Duolingo um grande exemplo. Os usuários baixam o aplicativo, que utilizam para aprender diversos idiomas. Porém, diferente de outros aplicativos, o Duolingo transforma algo que pode ser difícil, o aprendizado de um idioma, em algo divertido e simples. O aplicativo conta com efeitos audiovisuais e traz diversos desafios. Além disso, quando o usuário consegue terminar uma lição ou consegue estudar vários dias seguidos, o aplicativo fornece troféus e pontos como recompensas. É possível formar uma rede com seus amigos e cada um pode incentivar os demais a realizar as tarefas ou dar parabéns aos amigos a cada conquista.

Pensando na implantação da gamificação em sua empresa

Não se pode dizer que é somente aplicar a gamificação, tudo dará certo na sua empresa e você conseguirá concluir seus objetivos. É um processo que não é simples como pode parecer e, antes de começar a implantar esse sistema em uma empresa, é preciso conhecer e alinhar muito bem seus objetivos.

É necessária uma equipe especializada, formada por profissionais de competências diversas, para idealizar, desenvolver e implantar o processo de gamificação considerando sua identidade e de forma a cumprir com seus objetivos.

Alguns aspectos que precisam ser considerados antes de iniciar esse processo, incluem um amplo conhecimento da rotina ou situação na qual se deseja implantar a gamificação, os objetivos a serem atingidos, os recursos necessários para sua implantação e o próprio planejamento dessa implantação.

Podemos concluir que as empresas podem beneficiar-se de práticas que são próprias do mundo gamer em seus processos, trazendo possibilidades de crescimento e evolução. Compensa informar-se mais a respeito e estudar como a gamificação pode trazer resultados positivos para seu negócio, buscando inclusive a assistência de profissionais especializados.