A idade é um problema para recolocação no mercado de trabalho?

A idade é um problema para recolocação no mercado de trabalho?

17 de abril de 2022 0 Por Cícero Mangabeira

Existe um paradigma a ser quebrado no que se refere a recolocação de pessoas com mais idade no mercado de trabalho. Vejo vários profissionais dizerem que depois de certa idade as empresas não contratam mais. De fato, há barreiras em certas empresas, mas isso não é base para se generalizar, pois existem vários fatores. As corporações são variadas em sua cultura organizacional e as oportunidades de recolocação também são.

A conquista por um novo emprego para pessoas com mais de 40, 50, 60 anos ou mais deverão ser observadas a partir da percepção da velocidade das mudanças pelo qual o mundo globalizado atravessa. E dentro dessas mudanças, há necessidade das constantes buscas de se atualizar e mudar a visão da concepção de como conseguir novas oportunidades.

A capacidade de se mostrar capaz de produzir mais e com mais qualidade, aliado a experiências anteriores que agreguem, são fatores para concorrer à vaga e sobressair sobre outros candidatos na hora de um processo seletivo.

Como citei anteriormente, as empresas possuem estruturas organizacionais variadas, onde algumas prezam por pessoas mais jovens, como há também empresas que buscam profissionais com experiência para compor seu quadro de colaboradores. As decisões das empresas variam de acordo com suas estratégias de mercado e como consequente, do seu quadro de colaboradores. Aí que reside a necessidade de mostrar o potencial e diferencial.

Como referência ao diferencial no qual citei, irei a seguir descrever algumas orientações importantes:

1 – Busque preencher seu currículo de forma coerente e com conteúdo que possa chamar a atenção do recrutador. Dentre outras coisas, cite os resultados conquistados nas empresas anteriores. Busque ajuda de um profissional de Recursos Humanos para que possa orientar no preenchimento. Lembre-se que o currículo é seu cartão de visitas.

2 – Procure manter o “Networking” (rede de relacionamentos de trabalho). Cadastre-se no Linkedin (https//br.linkedin.com). Caso já possua, mantenha-o atualizado.

3 – Estude de forma constante. Faça cursos de pós-graduação (MBA), cursos profissionalizantes, ou seja, busque sempre manter-se atualizado.

4 – A necessidade de saber outro idioma é essencial para aspiração a uma recolocação no mercado de trabalho. Dê preferência ao inglês, por trata-se de uma língua universal dentro do mundo corporativo globalizado.

5 – Ao usar as redes sociais, cuidado com o que publica. Discursos de ódio, intrigas, provocações, só irão trazer prejuízos à sua imagem. As corporações sempre buscam verificar o que você publica. Pessoas que publicam desavenças são vistas como possíveis colaboradores que irão causar conflitos interno entre as equipes. As redes sociais possuem fonte ricas em informações. Portanto, use seu tempo para acessar assuntos que agreguem ao conhecimento.

6- Evite conversas de pessoas que se baseiam em suas experiências negativas na busca de emprego e que criam a ideia de que a idade é um obstáculo para um novo emprego. Esses comentários são vistos diariamente, mas não representam a realidade. Acredite em você e no seu potencial.

7 – Em um possível convite para uma entrevista, procure ter uma postura flexível. Este é um dos fatores que mais afeta os profissionais com mais experiência. De forma inconsciente, algumas pessoas acreditam que por terem vivido inúmeras adversidades e terem (de forma equivocada) mais experiência e conhecimento, podem impor sua forma de pensar e agir; O mundo mudou e continuará mudando em uma velocidade constante. Portanto, Situações vividas ou aprendidas em anos anteriores (5, 10, 20 ou 30 anos atrás), já não servem como balizamento.

Devo ressaltar alguns pontos importantes que vai além de uma busca por novo emprego. Alguns fatores podem prejudicar ou atrapalhar um profissional na busca de uma nova oportunidade; e entre as quais é a preocupação com a idade. Seu foco deverá ser voltado a canalização de suas energias aliadas ao seu bem-estar. A aspiração de um novo emprego depende e muito da sua qualidade de vida.

A necessidade de um emprego para sua subsistência, é inquestionável, mas alguns aspectos importantes devem ser observados, entre os quais descreverei a seguir: 

 – Sugiro fortemente que em vez de se preocupar com a idade, canalize mais energia e foco para ficar bem com sua saúde, com seu bem-estar e na conquista por melhorarias na sua qualidade de vida (mental, espiritual e física). Estes cuidados essenciais, tem relação direta com sua capacidade cognitiva na busca de uma colocação profissional. 

– Caso você em uma eventual seleção não for aprovado, tenha em mente que outras portas abrirão e suas experiências profissionais não serão em vão, pois surgirá oportunidade certa no local adequado às suas competências. Ciente de sua capacidade você terá em mente que sua oportunidade logo surgirá.

– Não deixe que a ideia de idade seja um impeditivo e autossabotador ou até mesmo uma desculpa para não atingir seus objetivos. A forma como você se valoriza é um fator que conta muito para sua motivação e seu objetivo. Não gaste tempo com o que não é possível controlar. Fazendo isso, você evita de gastar suas energias com o que não irá lhe agregar.

–  tenha consciência que a ideia de mais idade está mais atrelada ao psicológico que a capacidade real de produzir e agregar valores. Muitos jovens produzem pouco, como há pessoas com mais idade que são fontes de energia e produtividade. Ter experiência deve ser trabalhado sob o viés da criatividade e da sabedoria no aproveitamento das oportunidades.

– Como citei anteriormente, busque o constante aprendizado. Leia muito e aproveite as mídias como fonte de informações úteis. Isso é muito importante para sua evolução profissional como também pessoal. A leitura e o aprendizado são fatores que nos eleva a nossa capacidade de compreensão e raciocínio. Sua comunicação, postura e posicionamento serão diferenciais essenciais em uma eventual entrevista e conquista de um emprego. 

Por fim, quero salientar que a busca de um novo emprego como na vida como um todo, é necessário ser perseverante. A luta contínua é o segredo para a conquista. As adversidades serão sempre oportunidades de amadurecimento. De crescimento.