Pastor evangélico é preso por abuso sexual de fieis de sua igreja

Pastor evangélico é preso por abuso sexual de fieis de sua igreja

10 de junho de 2021 0 Por Redação Em Notícia

Até o momento, 4 mulheres frequentadoras da igreja pentecostal “Portas Abertas” denunciaram o pastor por abusos sexuais supostamente praticados em momento de fragilidade das vítimas

Pastor da Igreja Assembleia de Deus Portas Abertas, Alexander Ribeiro, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, usava a fé de mulheres para praticar abusos sexuais contra elas. A afirmação é da Polícia Civil. O líder religioso, que tem quase 500 mil seguidores nas redes sociais, foi preso nessa terça-feira (8).

Pelo menos quatro mulheres denunciaram os crimes. As ações aconteceram em momentos de fragilidade das vítimas, que enfrentavam problemas familiares e de saúde.

“Ele levava as mulheres para uma sala reservada e, lá, fazia orações tocando o corpo delas e praticando atos libidinosos. Encostava suas partes íntimas nas das mulheres. Em um dos casos, ele foi chamado para rezar para a familiar de uma das vítimas e disse que daria o ‘sopro da vida’. Em seguida, ele tocava os lábios nos lábios da vítima”, disse a delegada Cristiana Angelini.

A primeira denúncia aconteceu em 2018. A vítima, ao sair do culto, foi levada à sala reservada. Em seguida, ela contou para uma amiga sobre o que tinha acontecido e foi alertada que outras tinham passado por isso. Mais tarde, ela resolveu denunciar.

Outros três inquéritos foram abertos. O pastor é casado e tem filhos.

A delegada disse que a prisão dele pode encorajar outras vítimas a fazerem denúncias. Elas podem procurar qualquer delegacia da Polícia Civil ou a Especializada em Investigação de Violência Sexual.

Confusão entre a Igreja Portas Abertas e a Missão Portas Abertas

Diante da semelhança entre os nomes da igreja pentecostal e da missão, segundo a assessoria de imprensa dessa, alguns veículos noticiosos teriam equivocadamente ligado uma à outra.  Assim, a Missão Portas Abertas divulgou uma nota de esclarecimento à sociedade, a qual reproduzimos abaixo na íntegra.

Nota de Esclarecimento

Igreja em Belo Horizonte não representa a Missão Portas Abertas
No dia de hoje tem sido amplamente divulgado em canais da imprensa que um pastor da Igreja Pentecostal Portas Abertas está sendo acusado de abuso sexual por vítimas de sua comunidade. Por meio desta nota, vimos esclarecer:
  1. A MISSÃO PORTAS ABERTAS, é uma organização não-governamental, sem  vínculos com igrejas ou outras instituições religiosas, com sede na Holanda e que atua há mais de 65 anos, em mais de 70 países, no apoio aos cristãos perseguidos em países hostis ao cristianismo. Mais do nosso trabalho em www.portasabertas.org.br
  2. A MISSÃO PORTAS ABERTAS BRASIL atua no país há mais de 40 anos, na divulgação da causa. Nossa única sede brasileira se encontra em São Paulo (Capital). Não constituímos ou nos filiamos a igrejas (católicas ou protestantes) ou qualquer outra denominação religiosa.
  3. Diante disso, esclarecemos que a igreja em questão não representa ou tem qualquer ligação com nosso trabalho ou atuação, e não respondemos por seus atos ou de seus representantes.
Colocamo-nos à disposição de todos ao que se refere ao nosso trabalho e atuação no Brasil e no mundo.